domingo, 8 de janeiro de 2017

De Manaus para o Inferno

Entre as "vitimas" dos carniceiros de Manaus, juntadas as peças, os primeiros identificados foram esses monstros:


Magaiver Vieira Rodrigues; tráfico de drogas e porte de arma de fogo.

Artur Gomes Peres Junior; tráfico, roubo e estupro de 15 mulheres – ele contaminava as vítimas com HIV.

Raijean Encarnação Medeiros; estupro e aliciamento.

Dheik da Silva Castro; tráfico de drogas e roubo.

Francisco Pereira Pessoa Filho; estupro de menores e assassinato – matou uma adolescente de 14 anos com 15 facadas.

Rafael Moreira da Silva; tráfico e assassinato.

Errailson Ramos Miranda; estupro e assassinato de uma criança de 4 anos.


***

Lúcifer lhes dará a chefia de novos departamentos no Inferno.

Por aqui, seus familiares terão direito a indenização, segundo o benevolente STF e a caridosa legislação brasileira. Que se danem todos.

2 comentários:

Anônimo disse...

No Brasil a melhor coisa do mundo e ser bandido, pois quando preso recebe bolsa e quando morre a família recebe indenização, nos os honesto e pagadores de impostos só se ferramos.

Joe Cool disse...

Good Riddance. O que aconteceu em Manaus jamais pode ser chamado de tragédia, como a imprensa insiste de chamar. É uma win-win situation para a sociedade brasileira. Aliás deveria deixar rolar nos presídios nada de valor será perdido, ao contrário.